Este blogue é da turma do 4º ano da EB1 de Tulha Velha - Corvite.
27.5.09
Era uma vez um rato cinzento, magro e fofinho. Esse rato chamava-se
Malandro porque fazia muitas malandrices. Numa manhã de Verão, o
Malandro estava a passear por um belo jardim cheio de flores, com erva
verdinha, árvores verdinhas, umas altas e outras baixas...
Nessa mesma manhã estava uma águia castanha com alguns pelos amarelos,
essa águia tinha um nome muito esquisito, esse nome era Anaíse.
O rato sabia de um segredo sobre a Anaíse. Esse segredo era que ela
tinha medo da chuva. A águia não queria que o Malandro dissesse nada
sobre o seu segredo. A Anaíse ficou tão furiosa, tão furiosa que
queria comer o Malandro. A águia abriu as suas enormes asas e
lançou-se para apanhar o rato com as suas garras. O rato atrapalhado
escondeu-se no relógio da cidade. O Malandro chamou a águia para
conversar com ela:
- Malandro, porque me chamaste aqui?
- Porque precisamos de falar.
- Sobre o que queres falar comigo?
- Sobre estarmos chateados.
- Então fazemos um acordo. Se tu não contares o meu segredo e não te como.
- Está bem, eu concordo.
E os dois ficaram amigos para sempre.
Rato, ratinho acabou-se o nosso livrinho!

Texto do Rafael, Jorge e da Anabela, aperfeiçoado pela Tatiana, Ana e Isabel.
link do postPor EB1 do Pinheiral - Taipas, às 13:59 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



As nossas coisas
mais sobre mim
Maio 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
26
28
29
30

31